Em 2017, no contexto de um colóquio internacional no Centro Regional do Porto da Universidade Católica, a Cosmorama publicou livros de poesia de Daniela Camacho, María Negroni e Miriam Reyes, traduzidos para português pelo poeta Jorge Melícias.

Daniela Camacho nasceu no México, em 1980. Publicou: ‘En la punta de la lengua’, ‘Plegarias para insomnes’, ‘[imperia]’, o livro de palíndromos ‘Aire sería’ e o livro-objeto ‘Pasaporte’ [em edição trilingue, juntamente com Natalia Litvinova e Beatriz Paz]. Em colaboração com o criador audiovisual Christian Becerra, publicou ‘Carcinoma’ e ‘Híkuri’. Nos últimos anos residiu em Tóquio, Lausanne e Cairo, tendo recentemente regressado ao México.
María Negroni [Argentina] publicou, entre outros livros de poesia: ‘La jaula bajo el trapo’, ‘El viaje de la noche’, ‘La Boca del Infierno’, ‘Cantar la nada’, ‘Interludio en Berlín’ e ‘Exilium’. Entre outros, publicou os ensaios: ‘Ciudad Gótica’, ‘Museo Negro’ e ‘El arte del error’. A sua obra está traduzida em inglês, francês, italiano e sueco. Dirige a disciplina de Escrita Criativa na Universidad Nacional de Tres de Febrero, em Buenos Aires.
Miriam Reyes nasceu em Ourense, em 1974. Estudou Letras na Universidad Central de Venezuela e Filología Hispánica na Universitat de Barcelona. Publicou os livros de poesia: ‘Espejo negro’ [DVD, 2001], ‘Bella durmiente’ [Hiperión, 2004], ‘Desalojos’ [Hiperión, 2008], ‘Haz lo que te digo’ [Bartleby, 2015], ‘Prensado en frío’ [Malasangre, 2016] e ‘Sardiña’ [2018]. Organizou e traduziu para espanhol a antologia de poesia galega ‘Punto de ebullición’ [FCE, 2015].

Até ao final de setembro:
EXPERIÊNCIA BUTOH | Daniela Camacho
ARTE E FUGA | María Negroni
ESPELHO NEGRO | Miriam Reyes
Preço: 15€
Encomendas: geral@cosmorama.pt

Fotografia: Miriam Reyes, José Tolentino Mendonça, María Negroni, Daniela Camacho e José Rui Teixeira, no Centro Regional do Porto da Universidade Católica, em julho de 2017.