MULHERES DE HÚMUS é um pequeno texto de Nuno Júdice, publicado no contexto do Colóquio Internacional em Homenagem a Raul Brandão nos 150 anos do seu nascimento e no centenário de «Húmus», promovido pela Cátedra Poesia e Transcendência e pela Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, no Porto, nos dias 15 e 16 de março de 2017.
Nuno Júdice nasceu em 1949; formou-se em Filologia Românica pela Universidade Clássica de Lisboa e foi, até 2015, professor associado da Universidade Nova de Lisboa, onde se doutorou em 1989, com uma tese sobre Literatura Medieval. Entre 1997 e 2004 desempenhou as funções de Conselheiro Cultural e Director do Instituto Camões em Paris. Tem obra publicada no campo do ensaio, da ficção e da poesia, tendo recebido alguns dos mais importantes prémios de ficção e poesia tanto em Portugal como no estrangeiro. Dirige, desde 2009, a revista «Colóquio-Letras» da Fundação Calouste Gulbenkian.

Durante 2017, em cada encomenda superior a 20 euros, a Cosmorama oferecerá um exemplar de Mulheres de Húmus, de Nuno Júdice.

Fotografia: Nuno Júdice | Círculo de Poesía