Em 2017, a Cosmorama publicou o primeiro livro de Miriam Reyes: Espelho negro, em edição bilingue, com tradução para português de Jorge Melícias.

Miriam Reyes nasceu em Ourense, em 1974. Poeta e videocreadora. Aos oitos anos emigrou com os seus pais para Caracas. Estudou Letras na Universidad Central de Venezuela e Filología Hispánica na Universitat de Barcelona. Publicou os livros de poesia: «Espejo negro» [DVD, 2001], «Bella durmiente» [Hiperión, 2004], «Desalojos» [Hiperión, 2008], «Yo, interior, cuerpo (antología poética)» [Argentina, 2013], «Haz lo que te digo» [Bartleby, 2015] e «Prensado en frío» [Malasangre, 2016]. Editou e traduziu a antologia de poesia galega «Punto de ebullición» [FCE, 2015].