A Cosmorama é uma editora independente e intercultural de literatura e estudos humanísticos.
Criada em 2004, por José Rui Teixeira, a sua denominação foi inspirada nos versos de António Nobre:
«Vejo passar a minha vida,/ Como num grande cosmorama.»
Cosmorama [do grego «kósmos», universo + «hórama», espectáculo] é um conjunto de imagens ampliadas por instrumentos ópticos, o local em que essas imagens são expostas ou o instrumento com o qual é possível observá-las ampliadamente.

Desde 2004, a Cosmorama editou

2004
01. José Rui Teixeira | Melopeia
02. Isabel Coelho dos Santos | O tempo mais puro
03. Jorge Reis-Sá | Por ser preciso
2005
04. José Félix Duque | Canções para os meus filhos mortos
05. Paulo Bateira | No pino do verão
06. Jorge Melícias | Iniciação ao remorso
07. José Rui Teixeira | Assim na terra
08. Silvia Chueire | Por favor, um blues
09. Rui Amaral Mendes | Pleroma
10. Paulo Bateira | Solilóquios
11. Inês d’Orey | Nunca o verão se demora assim nos lábios [postais com poemas de Alexandre Nave, Isabel Coelho dos santos, José Félix Duque, José Nuno Magalhães, José Rui Teixeira, Pedro Sena-Lino, Tiago Araújo e Valter Hugo Mãe]
2006
12. Miriam Reyes | Bela adormecida
13. Rui Lage | A meta física do corpo. Sobre a poesia de Valter Hugo Mãe [seguido de uma antologia]
14. José Félix Duque | Quando mais luz
15. Rui Amaral Mendes | Na luz do crepúsculo
16. Hilde Domin | Estende a mão ao milagre
17. Agustina Bessa-Luís | Dominga
18. Sandra Costa | A vocação dos homens silenciosos
19. Carlos Alberto Braga | O percurso da luz
20. Luís Soares Barbosa | Embora seja noite
21. Pedro Ribeiro Dias | A cidade coração [ilustrações de Bruno Gaspar]
2007
22. Valter Hugo Mãe | Pornografia erudita
23. João Manuel Ribeiro | A circulação precoce dos relâmpagos
24. José Rui Teixeira | Zerbino
25. Guilherme de Faria | Saudade Minha [poesias escolhidas]
26. Rui Amaral Mendes | Do fundo do silêncio
27. António Ramos Rosa | Horizonte a ocidente
28. Pedro Marqués de Armas | Cabeças
29. Valter Hugo Mãe | Os filhos do esfolador [texto dramático a partir de ‘O Cego de Landim’ de Camilo Castelo Branco]
2008
30. Claudio Daniel | Escrito em osso
31. Luís Soares Barbosa | Sobre fio de lume
32. Amadeu Baptista | O bosque cintilante
33. Amadeu Baptista | Sobre as imagens
34. Amadeu Baptista | Poemas de Caravaggio
35. Fernando de Castro Branco | Plantas hidropónicas
36. Teixeira de Pascoaes | Crepúsculo
37. Catarina Costa | Marcas de urze
38. Andreia C. Faria | De haver relento
39. José Rui Teixeira | Zerbino [2.ª ed.]
40. Pedro Gil-Pedro | Para que ninguém sobreviva ao perdão
41. Hilde Domin | Estende a mão ao milagre [2.ª ed.]
42. Agustina Bessa-Luís | Dominga [2.ª ed.]
43. Valter Hugo Mãe | Folclore íntimo
44. Miriam Reyes | Terra e sangue
45. Guilherme de Faria | Saudade Minha [poesias escolhidas] [2.ª ed.]
46. Jorge Melícias | Disrupção
2009
47. José Rui Teixeira | Diáspora
48. Ricardo Corona | Amphibia
49. Ana Hatherly | Anacrusa — 68 sonhos
50. João Moita | O vento soprado como sangue
51. Fernando de Castro Branco | A carvão
52. Wilmar Silva | Yguarani
2010
53. Pedro Sena-Lino | Material angústia
54. João Moita | Miasmas
55. Fernando de Castro Branco | Assinatura irreconhecível
56. Fernando de Castro Branco | A caminho de Avoriaz
57. Francisco Vinhas | Por que se desloca o homem para o afrontamento do abraço
58. Teixeira de Pascoaes | Pensamentos e máximas [seleção e apresentação de António Cândido Franco]
59. Leonardo Coimbra | S. Francisco – visão franciscana da vida
2011
60. José Alfredo Costa | O que mais ninguém ouve
61. José Rui Teixeira | Diáspora [2.ª ed.]
2012
62. Jorge Melícias | Felonia / Agma
2013
63. José Rui Teixeira | Diáspora [3.ª ed.]
64. Joaquim da Silva Teixeira | A experiência mística na obra de Dalila Pereira da Costa
65. Leonel Oliveira | Duma só coisa quis saber
66. José Félix Duque | O Fuso e Trama – Santa Beatriz da Silva e a fundação da Ordem da Imaculada Conceição
67. António Martins da Costa | A reescrita rawlsiana da filosofia política de Kant
68. José Rui Teixeira | Vida e Obra de Guilherme de Faria – Os versos de luz por escrever
69. Guilherme de Faria | O Livro de Guilherme de Faria [I]. Saudade Minha [poesias escolhidas]
2014
70. Jorge Melícias | Alvídrio
2015
71. José Félix Duque | Santa Beatriz de Silva — Fundadora de la Orden de la Inmaculada Concepción
72. José Luis Guzón [org.] | O tema do Homem na Literatura hispano-portuguesa contemporânea [textos de António Jácomo, María José Boyero Rodríguez, Gustavo Martín Garzo, José Pedro Angélico, Luís Manuel da Cruz Leal, César Augusto Ayuso, Jorge Luis Álvarez, Victor Manuel Tirado San Juan e José Rui Teixeira]
73. Henrique Manuel Pereira | Guerra Junqueiro. Fragmentos de unidade polifónica
74. Hugo Mujica | Margens
75. Jorge Melícias | Hybris [Sine die 1]
2016
76. José Acácio Castro | Antropologia e estética no pensamento português [1850-1960]
77. Fernando de Castro Branco | Adolfo Casais Monteiro e a doutrina estética da Presença
78. Fernando de Castro Branco | Carta a mim mesmo [Sine die 2]
79. Fernando de Castro Branco | Desde Portugal [Sine die 3]
80. Carlos Alberto Braga | Razão poética [Sine die 4]
81. António Pedro | Poesia [1926-1929] [Mnemosine 1]
2017
82. Sérgio Ribeiro Pinto | Servidores de Deus e funcionário de César
83. Nuno Júdice | Mulheres de Húmus [Sine die 5]
84. José Luis Guzón [org.] | A poesia e a filosofia de fronteira: diálogos e intercontextualidades [textos de José Rui Teixeira, Antonio Colinas, César Augusto Ayuso, Luis Frayle, José Pedro Angélico, Hugo Milhanas Machado, Pedro Pereira e Valter Hugo Mãe]
85. Rui Nunes | A margem de um livro [Sine dia 6]
86. Joaquim de Araújo | Constelações no azul magoado [Mnemosine 2]
87. Miriam Reyes | Espelho negro [Sine die 7]
88. Daniela Camacho | Experiência Butoh [Sine die 8]
89. María Negroni | Arte e fuga [Sine die 9]
90. José Rui Teixeira | Diáspora [Sine die 10] [4.ª ed.]
2018
91. Eduardo Quina | Maligno [Sine die 11]
92. José Rui Teixeira | Acerca do desterro: hermenêutica literária e arqueologia cultural

EQUIPA EDITORIAL
Editor: José Rui Teixeira
Conselho editorial: Jorge Melícias, Jorge Teixeira e José Pedro Angélico
Design: Ida Cruz
Paginação/revisão: Margarida Baldaia