Carlos Alberto Braga

Nasceu em 1959. Licenciado em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto. ‘Razão poética’ reúne cinco livros de poesia: ‘As margens do murmúrio’ [1987], ‘Deriva litoral’ [1989], ‘As imperecíveis águas’ [1996] e ‘O percurso da luz’ [2006] e ‘Matriz do tempo’ [2016]. A 1.ª edição de ‘Razão poética’ foi publicada em 2016, com um prefácio de António Cândido Franco. Em 2020 a Cosmorama publicará um novo livro de Carlos Alberto Braga: ‘A voz das coisas’.
| Razão poética | poesia reunida 1987-2016 [2.ª ed., 2019]


Jorge Teixeira

Nasceu no Porto, em 1981. Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas [variante de Estudos Portugueses] pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto e em Ciências Religiosas pela Universidade Católica Portuguesa [Porto]; mestre em Estudos Editoriais pela Universidade de Aveiro. Professor do ensino básico e secundário. Investigador da Cátedra Poesia e Transcendência | Sophia de Mello Breyner Andresen [UCP, Porto]. ‘Abandono’ é o seu primeiro livro de poesia.
| Abandono [1.ª ed., 2019]


José Pedro Angélico

Nasceu em 1983. Licenciado e doutorado em Teologia pela Universidade Católica Portuguesa e pela Universidad Pontificia de Salamanca, respectivamente. Professor da Faculdade de Teologia e membro da direção da Cátedra Poesia e Transcendência | Sophia de Mello Breyner Andresen [Universidade Católica Portuguesa, Porto]. Membro da Asociación Latinoamericana de Literatura y Teología [ALALITE] e da European Society for Catholic Theology [ESCT]. ‘Véspera’ é o seu primeiro livro de poesia.
| Véspera [1.ª ed., 2019]


Martín López-Vega

Nasceu em Poo de Llanes [Astúrias], em 1975. Tradutor, crítico literário e gestor cultural, é licenciado em Filología Española [Universidad de Oviedo] e doutorado em Literatura Española [The University of Iowa]. Foi subdiretor das livrarias La Central [Madrid], diretor editorial da Vaso Roto Ediciones e redator do ‘El Cultural’ [suplemento cultural do diário ‘El Mundo’]. É Diretor de Cultura do Instituto Cervantes. ‘La eterna cualquiercosa’ foi publicado em Valência em 2014.
| A eterna qualquercoisa [1.ª ed., 2019]