Vejo passar a minha vida,
Como n’um grande cosmorama.

António Nobre

Destaques
  • O Livro de Ónio

    Por estes dias a Cosmorama Edições publicou O Livro de Ónio, um documento que reúne a obra poética de António Hartwich Nunes, figura ‘escondida’ da cultura portuguesa. 1. A pré-história desta história Foi no final de 2005 que li, pela primeira vez, a poesia de Guilherme de Faria. O seu segundo livro – ‘Mais Poemas’, […]

  • O centésimo livro

    A Cosmorama nasceu em 2004, com ‘Melopeia’: doze poemas que não escolhi para a edição de ‘Para morrer’ [Quasi Edições], que estava a ser impresso por esses dias. Nasceu, assim, despretensiosamente… com o único propósito de ser a chancela para as minhas “edições de autor”. Com o tempo, juntaram-se muitos autores, alguns deles amigos… que […]

  • Encontro de Poetas

    Organizado pela Cosmorama Edições e pela Cátedra Poesia e Transcendência, o primeiro Encontro de Poetas | Equinócios decorreu no Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa, no dia 23 de novembro de 2019. José Rui Teixeira apresentou o livro ‘Razão poética‘, de Carlos Alberto Braga. Henrique Manuel Pereira moderou uma conversa com Jorge Teixeira […]

  • Biblioteca Equinócios

    No outono de 2019, a Cosmorama apresentou os primeiros quatro livros da biblioteca Equinócios: ‘A eterna qualquercoisa‘, de Martín López-Vega, ‘Abandono‘, de Jorge Teixeira, ‘Razão poética, de Carlos Alberto Braga, e ‘Véspera, de José Pedro Angélico. Na capa de cada livro desta nova biblioteca da Cosmorama, uma ilustração de Joanna Concejo. Em 2020, regressaremos com […]

  • Hugo Mujica

    Em 2015, a Cosmorama publicou ‘Margens‘, antologia da poesia de Hugo Mujica, que nasceu em Buenos Aires, em 1942. Estudou Belas-Artes, Filosofia, Antropologia Filosófica e Teologia. Esta multiplicidade de saberes perpassa uma obra que abarca a filosofia, a antropologia, a narrativa, a mística, a poesia e a indagação estética. A sua ‘Poesía Completa’, que reúne […]