Vejo passar a minha vida,
Como n’um grande cosmorama.

António Nobre

Destaques
  • A margem de um livro

    A Cosmorama publicou há um ano o último livro de Rui Nunes: A margem de um livro. “um livro de desperdícios: escamas de peixe, jornais rasgados, cascas de laranja, um trapo azul, caroços, (na mama de Délia apareceu um caroço. Que foi crescendo.) um frigorífico velho, um rato morto. : Há nomes que não encontram: […]

  • Hugo Mujica

    Hugo Mujica nasceu em Buenos Aires, em 1942. Estudou Belas-Artes, Filosofia, Antropologia Filosófica e Teologia. Esta multiplicidade de saberes perpassa uma obra que abarca a filosofia, a antropologia, a narrativa, a mística, a poesia e a indagação estética. A sua obra poética, representada em quinze países, foi publicada em Portugal pela Cosmorama Edição: Margens, antologia […]

  • Maligno

    A Cosmorama acaba de publicar Maligno, o quarto livro de Eduardo Quina, autor de ‘Corpos: labirintos’ [2015], ‘Sombras mortas entre os dedos’ [2015] e ‘Ausência’ [2017]; e que tem colaborado regularmente na ‘Eufeme’ [magazine de poesia]. Objeto intenso, compacto sob o arco de uma narrativa poética que se desdobra em 41 estâncias, Maligno é o […]

  • Martín López-Vega

    O poeta asturiano Martín López-Vega [Poo de Llanes, 1975], que publicou recentemente ‘Gótico cantábrico’ [Madrid, La Bella Varsovia, 2017], publicará na Cosmorama A ETERNA QUALQUERCOISA, em edição bilingue — tradução de Jorge Melícias. Martín López-Vega publicou vários livros de poesia, representados na antologia ‘Retrovisor’ [2013], a que se seguiu ‘La eterna cualquiercosa’ [2014]. Em 1997 […]

  • Acerca do desterro

    Em 2015 e 2016 José Rui Teixeira desenvolveu um projeto de pós-doutoramento na Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Católica Portuguesa [Braga], sob orientação de Mário Garcia e João Manuel Duque: ‘Acerca do desterro: hermenêutica literária e arqueologia cultural’. Uma poética vinheta desenhada por Valter Hugo Mãe e um prefácio de Guilherme d’Oliveira […]

  • Miriam Reyes

    Em 2017, a Cosmorama publicou o primeiro livro de Miriam Reyes: Espelho negro, em edição bilingue, com tradução para português de Jorge Melícias. Em 2019 será publicado o seu segundo livro: BELA ADORMECIDA [traduzido por Pedro Sena-Lino]. Miriam Reyes nasceu em Ourense, em 1974. Poeta e videocreadora. Aos oitos anos emigrou com os seus pais para […]

  • Gostar de ler

    Os livros da Cosmorama estão disponíveis na livraria GOSTAR DE LER, no coração da cidade do Porto, no n.º 120 da Rua Mártires da Liberdade. Apesar da profunda paixão por livros antigos, agora a Lurdes Paiva tem nas estantes da sua livraria as mais recentes edições da Cosmorama. GOSTAR DE LER Telefone: 220 982 433 […]

  • Daniela Camacho

    Daniela Camacho nasceu no México, em 1980. Publicou: ‘En la punta de la lengua’, ‘Plegarias para insomnes’, ‘[imperia]’, o livro de palíndromos ‘Aire sería’ e o livro-objeto ‘Pasaporte’ [em edição trilingue, juntamente com Natalia Litvinova e Beatriz Paz]. Em colaboração com o criador audiovisual Christian Becerra, publicou ‘Carcinoma’ e ‘Híkuri’. Nos últimos anos residiu em […]

  • Poesia e Filosofia de fronteira

    No dia 11 de maio de 2017, a Cosmorama apresentou na Universidad Pontificia de Salamanca a edição das atas das VII Jornadas de Cultura Hispano-Portuguesa. Estas Jornadas, organizadas pelo Instituto Superior de Pensamiento Iberoamericano [UPSA] e pela Cátedra Poesia e Transcendência [UCP], decorreram nos dias 5 e 6 de maio de 2016, em Salamanca. Esta […]

  • Dalila Pereira da Costa

    Dalila Pereira da Costa nasceu no Porto há cem anos, no dia 4 de março de 1918. Licenciou-se em Ciências Histórico-Filosóficas na Universidade de Coimbra, em 1944. Desde o princípio da década de 70, publicou uma obra que podemos situar na fronteira entre a filosofia e a poesia: mais de trinta títulos que a tornam […]